Sete inspirações de Maria para os leigos

Como o tema do Laicato ganha destaque na ação da Igreja neste ano e 2018, os estudiosos da Mariologia têm sido chamados a refletir a figura da Mãe de Jesus relacionada com os leigos. Eles são aqueles cristãos que tem na Igreja lugar de destaque no seguimento de Jesus Cristo, testemunhando a fé por meio de funções temporais, ordenando- as segundo o projeto divino.

Veja como Maria, a Primeira Discípula,  é modelo de testemunho e serviço para os leigos:

1. A serviço do outro: Maria foi às pressas servir a prima Isabel que estava grávida.

2. Colocando-se à disposição do Senhor: Diante do anúncio do anjo de que estava sendo convidada a participar do Plano de Deus, ela respondeu: eis aqui a serva do Senhor.

3. Levando os que lhes estão próximos para o contato com Deus: Maria apresenta seu filho Jesus no Templo.

4. Participando da vida social que lhe dizia respeito: Presente no casamento em Caná, Maria socorre os noivos indicando que seu Filho ali está. Ela indica o caminho: “fazei tudo o que ele vos disser”.

5. Ainda participando do casamento em Caná, Maria socorre os noivos: eles não tem mais vinho, disse Maria a Jesus,  sabendo que ele podia mudar os fatos.

6. Presença nas horas difíceis e de sofrimento: Maria é referência quando os discípulos vão perder o Mestre e se torna Mãe deles: “Filho, eis aí sua mãe”.

7. Presença na comunidade com os discípulos: em oração à espera do Espírito Santo, Ela vê surgir a Igreja.

As atitudes, a presença, a vida de Maria levam para a pessoa do Seu Filho, o Redentor do mundo. As atitudes, a presença, a vida do leigo levam para a pessoa de Jesus, o Salvador.

Fonte Canção Nova online

PASCOM

Categorias Destaque 2 Notícias Religião