São Sebastião, defensor da Igreja

São Sebastião, desde cedo, foi muito generoso e dado ao serviço. Recebeu a graça do santo batismo e zelou por ele em relação à sua vida e à dos irmãos.

Entrou para o serviço no Império como soldado, logo tornou-se o primeiro capitão da guarda do Império. Esse grande homem de Deus ficou conhecido por muitos cristãos, pois, sem que as autoridades soubessem, nesse tempo, no Império de Diocleciano, a Igreja e os cristãos eram duramente perseguidos –, porque o imperador adorava os deuses. Enquanto os cristãos não adoravam, mas somente as três Pessoas da Santíssima Trindade.

São Sebastião tornou-se defensor da Igreja como soldado, como capitão e também como apóstolo dos confessores, daqueles que eram presos. Também foi apóstolo dos mártires, os que confessavam Jesus em todas as situações, renunciando à própria vida. O coração de São Sebastião tinha esse desejo: tornar-se mártir.

Na Diocese de Petrolina muitas paróquias celebram São Sebastião que é homenageado no dia 20 de janeiro. Os novenários iniciaram entre os dias 10 e 11 de janeiro nas comunidades de:

Tranqueira e Barro Duro na paróquia Nossa Senhora das Dores em Dormentes

Pau Ferro na paróquia Nossa Senhora das Dores em Rajada

E em Petrolina as comunidades são:

São Sebastião, no bairro Antônio Cassimiro da paróquia Nossa Senhora das Dores, Ouro Preto

Area Pastoral São Sebastião, no bairro Henrique

Categorias Destaque Notícias Religião