Romário pede fim de vandalismo em protestos no Brasil

Romário pede fim de vandalismo em protestos no Brasil

Romário pede fim de vandalismo em protestos no Brasil

Em entrevista exclusiva ao Terra, o deputado federal Romário (PSB-RJ) atacou os gastos com a Copa do Mundo de 2014, a ser realizada no Brasil, e as exigências da Fifa para a realização do torneio. Na opinião do ex-atacante, a organização e os valores envolvidos no torneio são “uma vergonha e uma sacanagem com o povo”.

“No fundo, a Fifa é a mais culpada. Não paga um real de imposto, e vai sair daqui, três ou quatro dias depois da Copa, com lucro de R$ 4 bilhões, sem ter gasto um real. É vergonha e é sacanagem com o povo”, afirmou.

Para Romário, os protestos contra a realização da Copa no Brasil são legítimos. “O brasileiro acordou e tem que ir para a rua. E, se puder, tirar (do poder) aqueles que não prestam. Essas manifestações não são caso isolado. Se não são pela Copa, são pela educação”, disse, frisando que os protestos precisam ser pacíficos e que muitos atos de depredação são orquestrados.

“O ideal é que toda manifestação seja pacífica, que não tenha vandalismo. Infelizmente as coisas não são essas mil maravilhas que a gente espera. Existem algumas pessoas, inclusive infiltradas, profissionais nessa área, que começam a incitar os dois lados, e acabam acontecendo alguns acidentes”, afirmou.

Por fim, o ex-atacante disse que “não desrespeita” algumas pessoas que perdem o controle e partem para o vandalismo nas manifestações. “Com toda a sinceridade, o que talvez falte na minha casa, na do outro falta muito mais. O que talvez o governo tirou de mim, daquele outro já deve ter tirado muito mais. A gente tem que sempre ir contra (violência), mas não posso dizer que desrespeito essas pessoas”, opinou.

 Fonte:Terra

Categorias Sem categoria