Papa pede esforços contra o tráfico humano e reza pelas vítimas

Um novo apelo do Papa Francisco em prol das vítimas do tráfico humano. O Santo Padre recordou nesta quarta-feira, 7, após a catequese, o Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico de Pessoas que será amanhã, 8.

Francisco destacou que muitos migrantes, tendo poucas possibilidades de canais regulares, acabam se aventurando por outros caminhos, nos quais muitas vezes sofrem abusos de todo tipo, exploração, escravidão. E as organizações criminosas, acrescentou o Papa, usam essas rotas migratórias para esconder suas vítimas entre os migrantes e refugiados.

“Convido, portanto, todos, cidadãos e instituições, a unir forças para prevenir o tráfico e garantir proteção e assistência às vítimas. Rezemos, todos, para que o Senhor converta o coração dos traficantes – é ruim esta palavra, traficantes de pessoas – e dê a esperança de reconquistar a liberdade a quantos sofrem por esta chaga vergonhosa”.

Neste ano, o Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico de Pessoas tem como tema “Migração sem tráfico. Sim à liberdade! Não ao tráfico!”. A data foi instituída em 2015 a partir do Papa Francisco em parceria com os Pontifícios Conselhos dos Migrantes e da Justiça e com a União Internacional dos Superiores Gerais.

A celebração ocorre na memória litúrgica de Santa Josefina Bakhita, santa africana que foi vítima da escravidão. Ela foi canonizada pelo então Papa João Paulo II no ano 2000.

Fonte Canção Nova

Categorias Destaque Notícias Religião