Imprudência quase tira mais duas vidas em Petrolina

Imprudência quase tira mais duas vidas em Petrolina

A imprudência aliada ao calculo mal feito do tempo no semáforo, quase tira a vida de mais duas pessoas em Petrolina. Foi no cruzamento da Rua da Imperatriz na Vila Eduardo, com a Cardoso de Sá. O acidente envolveu uma moto CG-150 placa KJC 1186 de cor preta, e uma camionete pick-up Fiat Strada placa KHZ 5248, de cor branca. Foi neste sábado (20) por volta das 20h20, quando o condutor do veiculo avançou o sinal vermelho. Ele se deslocava, no sentido Colégio da Policia Militar FACAPE, enquanto a moto deixava a Rua da Imperatriz, seguindo no sentido bairro Henrique Leite.
Além da imprudência, outros fatores devem ser considerados, como decisivos para salvar vidas; a chegada de uma ambulância seja do SAMU ou de outro tipo de atendimento ao local do acidente. Foram cerca de 30 (trinta) minutos para socorrer o casal que se encontrava na moto. Com ferimentos mais graves, porém consciente, a mulher foi socorrida para o Hospital de Traumas, juntamente com o rapaz, que teve apenas arranhões.
Outro fato registrado pela reportagem da Voz do São Francisco foi a total ausência de Policiais do Transito, apesar de o fato ter ocorrido a cerca de quarenta metros do 5º BPM (Batalhão de Policia Militar). Também não teve a presença de agentes de transito da EPTTC. Apenas um policial militar, tentava disciplinar o transito, sem obter êxito diante de uma multidão de curiosos. Somente as 21h40, a nossa reportagem foi informada da presença de uma viatura de Transito do 5º BPM. No entanto, até próximo das 22h00 os veículos ainda não haviam sido retirados do local do sinistro. A identidade dos envolvidos não foi revelada.
Não é de hoje, que aos finais de semana, tanto PMS do transito, quantos agentes de transito da EPTTC, não são vistos nas ruas da cidade. A cidade fica entregue a própria sorte.

Categorias Destaque