Feirantes da Areia Branca participam de capacitação para a comercialização de pescado

No intuito de orientar feirantes e comerciantes sobre a manipulação correta do pescado, a Vigilância Sanitária e Ambiental de Petrolina (VISA) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão) estão capacitando os feirantes do município. O curso, que é uma das ações do projeto Pescado do Vale, tem carga horária total de 08 horas e foi iniciado na Feira Livre do bairro Areia Branca.

Durante o curso, ministrado aos sábados pelos estudantes do curso de Tecnologia em Alimentos do IF Sertão, os feirantes aprenderão sobre conservação do pescado, manipulação, armazenamento e destinação higiênica do produto. “Iniciamos com uma parte teórica e em seguida será realizada também a parte prática da capacitação, com o acompanhamento individual de cada feirante em sua banca, no intuito de melhorar as condições higiênicas da comercialização do produto e adequar esse comércio às normas exigidas pela fiscalização”, explicou uma das monitoras do projeto, Quênia Lanusse da Silva.

O feirante Átila Cassiano Araújo Maia acredita que a iniciativa vai valorizar o produto e facilitar a venda. “Nós adquirimos informações para melhorar as condições do nosso comércio. Isso atrai o cliente, porque ele vai chegar na banca e vai encontrar um lugar mais limpo e organizado”, declarou o feirante que comercializa pescado na Feira da Areia Branca há 10 anos.

O projeto Pescado do Vale tem como objetivo melhorar a qualidade dos peixes vendidos nas feiras livres e demais estabelecimentos comerciais do município. Além da Feira da Areia Branca, o curso deve acontecer também com os comerciantes das feiras dos bairros Cohab Massangano, Ouro Preto e João de Deus.

Fonte: Ascom-Petrolina

Por Claudio Farias

Categorias Economia