Falta de pagamento deixa estudantes da zona rural de Santa Filomena – PE sem ir à escola

Com o término das eleições, muitos problemas começam a se acumular em grande parte dos municípios, sejam eles de pequeno ou grande porte, onde houve reeleição ou derrota de gestores. Entre esses problemas estão; falta de pagamento aos prestadores de serviços, demissão de cargos comissionados, abandono de programas de governo, entre outros.

O mais grave é quando a derrota de um gestor afeta diretamente políticas públicas em setores essenciais, para o desenvolvimento da sociedade, a exemplo da educação.

Em Santa Filomena, no Sertão do Araripe, município com pouco mais de 13.700 habitantes, distante 721 quilômetros da capital Recife, os estudantes que residem na zona rural, estão deixando de frequentar a escola, porque a prefeitura deixou de pagar os proprietários de veículos que fazem o transporte dos estudantes.

A denúncia foi feita pela agricultora Maria José, na tarde desta terça feira, (30) durante o programa Canal Aberto, na radio A Voz do São Francisco. Dona Maria José, que reside no povoado de Campo Santo-zona rural do município de Santa Filomena, é mãe de uma aluna de dez anos, que está cursando o primeiro ano do primeiro grau maior (antiga quinta série).

A agricultora disse que esta atitude da prefeitura pode comprometer o ano letivo dos meninos. “São dois meses em atraso, e isso, acredito que está acontecendo em todo o município. Agente faz um grande sacrifício para encaminhar nossos filhos para a escola, pra perder o ano letivo por conta de políticos incompetentes”, desabafou a agricultora.

Por Claudio Farias.

Categorias Destaque