Esgotamento sanitário de Sento Sé vira dor de cabeça

A construção do sistema de Esgotamento Sanitário da sede do município de Sento Sé teve o seu inicio em 14 de Maio de 2008 e deveria ficar concluída até meados de 2009. A empresa TR&M – Engenharia de Projetos, Construção e Saneamento vencedora da licitação começou as obras de Implantação dos sistemas de Esgotamento Sanitário nas localidades de Sertania (PE), Canapi (AL) e Sento Sé (BA).

O valor estimado das obras era em torno de doze milhões de reais, As obras fazem parte do Programa de Revitalização do Rio São Francisco, sendo integrante do programa do Governo Federal – PAC1, destinados à construção de aproximadamente 42 mil e setecentos metros de rede de esgotos, construção de três estações de tratamentos de águas residuais e conectar cerca de quatro mil e quinhentas imóveis à nova rede de esgotos além de colectores pluviais. A previsão é que as Estações de Tratamento de Águas residuais, que também serão construídas, terão uma autonomia satisfatória para 20 anos enquanto que para os colectores se prevê trinta anos de durabilidade.

O até então Presidente da Codevasf Orlando Castro esteve em Sento Sé em 22/05/2009, acompanhado da até então superintendente da Codevasf/Juazeiro, Ana Angélica e com os técnicos responsáveis pelo projeto para inspecionaram o andamento das obras que estão sendo executadas. O projeto faz parte do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento do governo federal.

DESENVOLVIMENTO

Em entrevista exclusiva ao jornal Diário da Região, Orlando Castro afirmou que, “Esta obra é de fundamental importância, pois estamos trazendo desenvolvimento através de saúde, o município será todo saneado, é uma  obra de quase R$ 14 milhões  e será concluída ainda este ano. Vamos ter Sento Sé completamente saneada. Os recursos são do PAC, é uma obra do governo federal através do Ministério da Integração e, obviamente em parceria com a prefeitura que não poderia deixar de ser”. O presidente Orlando Castro disse ainda: “Tivemos uma reunião técnica hoje 22/05/2009, pela manhã no canteiro de obras com a presença do prefeito Ednaldo Barros, os técnicos da Codevasf e ficou acertado que ainda esse ano terminaremos essa obra, no mais tardar no mês de dezembro estará  concluída”. Com relação ao sistema de abastecimento de água do município,  o presidente antecipou que também faz parte do PAC:

“Em Sento Sé nós vamos implantar o sistema de abastecimento de água simplificado de 34 localidades. O prefeito Ednaldo Barros nos solicitou que o povoado de Riacho dos Paes seja a primeira localidade a ser beneficiada e nós vamos atender a solicitação do prefeito. As obras serão  iniciadas no máximo até o mês de setembro, os recursos já estão garantidos, somente com o projeto foram quase R$ 300 mil reais, os custos nesse tipo de obras não são relevantes, a importância é que nós vamos executar a obra e começaremos ainda este ano”, concluiu.

OBRA NÃO CONCLUIDA, ERROS NO PROJETO E EXECUÇÃO

A obra que deveria provocar uma melhora considerável na qualidade de vida da população de Sento Sé se tornou uma grande “Dor de Cabeça” para a cidade e para a administração municipal, disse o diretor do SAAE – Serviço Autônomo de Água e Esgotos, Carlos Magno, em reunião com vereadores na Câmara Municipal no ultimo mês de Março/2012.

Carlos Magno advertiu na Câmara Municipal que a situação tende a piorar. Em conversas com a fiscalização da obra ficou consciente de que o sistema não irá funcionar. Segundo Magno, o fiscal Alesandro solicitou que a Codevasf fizesse testes na rede de esgoto construída e não foi aprovada, parando a fiscalização porque não tem como funcionar.

Carlos Magno revelou ainda que no inicio do ano aconteceu uma reunião com o atual Superintendente da Codesvasf/Juazeiro, Sr. Emanoel Lima, Dr. José Amâncio, Dr. Virgulino e comitiva do prefeito Ednaldo Barros que solicitavam providencias quanto à conclusão das obras do saneamento.

Finalmente, a empresa TR&M, endividada e sem condições de continuar por falta de repasse dos recursos por parte do Governo Federal, abandonou a obra no ultimo mês de Junho.

Por: Gabriel Filliph do Sentosenoticias.com

Por: Claudio Farias

Categorias Saúde Sem categoria