Doação fortifica a esperança e gera o bem, diz Papa

Na audiência realizada nesta segunda-feira, 2, na Sala Clementina, no Vaticano, o Papa Francisco lembrou o Dia da Doação, comemorado em solo italiano nesta quarta-feira, 4. O Santo Padre se encontrou com 150 participantes de uma conferência realizada pelo Instituto Italiano de Doação. A data é dedicada a quem faz da doação uma prática cotidiana.

“O dom maior que Deus fez a cada um de nós é o dom da vida e a vida faz parte de outro dom divino originário que é a Criação. Todos nós temos a grande responsabilidade de proteger e cuidar adequadamente da criação, protegendo-a das várias formas de degradação. Temos a tarefa de conservar e entregar íntegro às gerações futuras o Planeta que recebemos como dom gratuito da bondade de Deus. Diante da crise ecológica que estamos vivendo, a perspectiva do dom recebido e a ser entregue a quem virá depois de nós é motivo de compromisso e esperança”, declarou o Pontífice aos presentes.

Para Francisco, o Dia da Doação foi criado tendo como base as mensagens contidas no Evangelho. “Não é um conceito abstrato, mas um comportamento e uma ação que têm as próprias raízes na mensagem do Evangelho. Trata-se de uma experiência educacional que faz a pessoa crescer humanamente e espiritualmente, abrindo a mente e o coração aos espaços amplos da fraternidade e da partilha. Constrói-se, assim, a civilização do amor”, disse.

O Santo Padre lembrou ainda a importância que o Dia da Doação pode exercer sobretudo nos jovens, para que abram seus corações e mentes a fim de construírem uma civilização permeada pelo amor. “É uma oportunidade estimulante primeiramente para os jovens a fim de que possam descobrir que a doação é uma parte de nós que é dada gratuitamente ao outro. Doar nos faz sentir mais felizes e os outros também. Doando criam-se laços e relacionamentos que fortificam a esperança num mundo melhor”, ponderou o Bispo de Roma.

“Prossigam com alegria nesse caminho. Vocês são homens, mulheres e jovens defensores da vida, guardiões da Criação, testemunhas do amor doado que gera frutos de bem para a coletividade”, concluiu o Papa.

Fonte Canção Nova online

Por PASCOM

Categorias Destaque Notícias Religião