Compesa de Petrolina é multada pela segunda vez por despejo de esgoto sem tratamento no Rio São Francisco

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, foi multada pela segunda vez, em menos de um mês, pela Prefeitura Municipal. A multa no valor de R$ 800 mil foi aplicada pela Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina (ARMUP), após a mesma identificar que o esgoto produzido no bairro Loteamento Vale Dourado é lançado sem tratamento no Riacho das Porteiras, afluente do Rio São Francisco.

Em nota, a Compesa informou que recebe com indignação a multa aplicada pela ARMUP, e que todo o esgoto bombeado pela estação elevatória do Loteamento Vale Dourado tinha como destino final a Estação de Tratamento de Esgoto da Compesa. A companhia também declarou que a operação da estação do sistema de esgotamento sanitário do bairro não é de responsabilidade da empresa.

De acordo com a Prefeitura de Petrolina, há pelo menos 4 anos a Compesa cobra indevidamente a taxa de esgoto aos moradores do Loteamento Vale Dourado. Quanto a isso, a empresa declarou que prestava assistência aos moradores do Loteamento Vale Dourado a fim de fazer a desobstrução do esgoto, e que por isso realizava a cobrança da taxa. A companhia declarou ainda que o caso já está sendo tratado juridicamente.

No mês passado, a Prefeitura de Petrolina aplicou uma multa de R$20 milhões na Compesa, após a Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) encontrar uma ligação clandestina que despejava esgoto diretamente no Rio São Francisco.

FONTE: G1 Petrolina

Categorias Sem categoria