Associação Internacional oferece curso de base sobre exorcismo

A Secretaria de Língua Portuguesa da Associação Internacional dos Exorcistas (AIE) está oferecendo ao clero e aos fiéis do Brasil um curso de base sobre exorcismo. A proposta tem como objetivo, segundo o coordenador delegado da Secretaria de Língua Portuguesa da Associação, monsenhor Rubens Miraglia Zano, sanar uma lacuna na formação do clero nacional, “oferecendo formação de qualidade, com conteúdo aprovado pela Santa Sé (Congregação para o Clero), por meio de um palestrante, em um local de fácil acesso e valor acessível”.

O palestrante do qual fala o monsenhor Rubens é o padre Francesco Bamonte, presidente da AIE e exorcista oficial da diocese de Roma, ele também é autor de vários livros sobre o argumento e uma das maiores autoridades internacionais sobre o assunto. “A AIE tem formado exorcistas de várias partes do mundo e colaborado com Conferências Episcopais e mesmo igrejas sui iuris de rito oriental, cumprindo um dos seus fins estatutários”, afirma monsenhor Rubens.

Ainda de acordo com o monsenhor Rubens, para o Brasil é um privilégio receber esta formação. “É um conteúdo que só se tem dado na Itália e com um palestrante de primeira grandeza e fama internacional”, apontou. O curso acontecerá de 12 a 16 de novembro, em São Paulo, no Colégio São Bento e terá a duração de oito horas diárias, com um intervalo de duas horas para almoço. Até o final de junho, as vagas serão oferecidas exclusivamente para os sacerdotes, ficando as remanescentes abertas a todos, até a sua exaustão. “Recordamos que são limitadas e convidamos os interessados a se inscreverem o quanto antes”, exorta monsenhor Rubens.

Laicato – Monsenhor Rubens explica que o laicato também se beneficiará do curso, ajudando assim não só a formar novos exorcistas e reciclar os conhecimentos dos que já atuam nesse ministério, bem como sanar as lacunas de formação das gerações. Os interessados podem fazer a inscrição através da página oficial do curso: http://inscricoes.nslibano.org.br/

AIE

Com base no cânon 322 § 1 do Código de Direito Canônico, a Congregação para o Clero conferiu à AIE personalidade jurídica privada como “associação privada internacional de fiéis”, segundo o cânon 116 § 2, com todos os direitos e as obrigações estabelecidas pelo Código.

FONTE: CNBB

Categorias Destaque Religião