As 12 promessas do Sagrado Coração de Jesus

A Igreja celebra a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus para lembrar que temos um Deus “que se comove e derrama todo o seu amor sobre a humanidade”(Bento XVI).

A festa do Sagrado Coração não celebra um membro do corpo de Cristo, mas o amor de Deus simbolizado pelo coração do Filho que foi transpassado pela lança do soldado. Padre Eliomar Ribeiro, SJ, diretor nacional do Apostolado da Oração e MEJ, lembra que essa devoção como nós temos hoje teve início com as experiências místicas de Santa Margarida Maria de Alacoque.

“A imagem que nós temos hoje, o Jesus que mostra o coração pelo lado de fora é a imagem que Santa Margarida Alacoque deixou para a Igreja”, destaca o religioso. Nessas experiências, Santa Margarida tinha visões em que Jesus mostra seu coração ferido, porém inflamado de amor pela humanidade. Foi ela quem divulgou cada uma das 12 promessas do Sagrado Coração de Jesus a ela.

Padre Eliomar explica que as promessas são até mais do que doze, porque esse número foi uma forma que um padre nos Estados Unidos escolheu simbolicamente, dado o significado do número 12 para a Igreja. Da devoção das 12 promessas é marcante a prática da comunhão nas nove primeiras sextas-feiras.

É preciso entender que as revelações privadas, como é o caso, de Santa Maria Alacoque, não devem ser entendidas de modo automático ou supersticioso, e também não pertencem ao depósito da fé e não tem caráter de obrigatoriedade, mas sendo aprovadas pelo magistério da Igreja, são um caminho eficaz para se alcançar uma vida de graça e santidade.

1ª Promessa: “A minha bênção permanecerá sobre as casas em que se achar exposta e venerada a imagem de Meu Sagrado Coração”;

2ª Promessa: “Eu darei aos devotos de Meu Coração todas as graças necessárias a seu estado”;

3ª Promessa: “Estabelecerei e conservarei a paz em suas famílias”;

4ª Promessa: “Eu os consolarei em todas as suas aflições”;

5ª Promessa: “Serei refúgio seguro na vida e principalmente na hora da morte”;

6ª Promessa: “Lançarei bênçãos abundantes sobre os seus trabalhos e empreendimentos”;

7ª Promessa: “Os pecadores encontrarão, em meu Coração, fonte inesgotável de misericórdias”;

8ª Promessa: “As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas pela prática dessa devoção”;

9ª Promessa: “As almas fervorosas subirão, em pouco tempo, a uma alta perfeição”;

10ª Promessa: “Darei aos sacerdotes que praticarem especialmente essa devoção o poder de tocar os corações mais endurecidos”;

11ª Promessa: “As pessoas que propagarem esta devoção terão o seu nome inscrito para sempre no Meu Coração”;

12ª Promessa: “A todos os que comunguem, nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, darei a graça da perseverança final e da salvação eterna”.

Categorias Sem categoria