A exemplo da Univasf, Uneb também suspende aulas

Assim como a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), outra instituição de ensino superior da região decidiu suspendeu suas atividades acadêmicas e administrativas devido à crise de abastecimento ocasionada pela greve dos caminhoneiros: a Universidade Estadual da Bahia (Uneb).

De acordo com a reitoria, os chefes imediatos deverão estar atentos para a manutenção apenas das atividades administrativas essenciais, que dependem de prazos para a sua execução, previamente definidos por órgão e agências externos. “A reitoria reforça a recomendação da Pró-reitoria de Administração da Uneb (PROAD) de manter recolhida toda a frota da instituição em seus respectivos campi, com a ressalva de utilização apenas em caso de comprovada urgência e com anuência da autoridade competente”, frisa a instituição.

Carlos Brito

Categorias Cidade Notícias Região